TATIANA MOURA

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus,
daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28)

Queridos irmãos, a graça e paz do nosso Senhor Jesus Cristo, seja cada um de vocês.
Gostaria de agradecer a Deus, por todos e cada um de Seus benefícios para comigo. Agradeço, cada luta, adversidade, decepção, como também agradeço pelas portas abertas, por cada oportunidade e por cada vitória que somente Ele podia proporcionar-me.
Estes dias tenho lido o livro “O Conhecimento de Deus“, de  J. I. Packer, como Deus tem ministrado ao meu coração de uma maneira que me faltam palavras para descrever como tenho sido abençoada e desafiada a conhecer mais ao nosso Soberano Senhor, principalmente nos dias atuais onde há tanta corrupção. Infelizmente isso também tem feito parte na vida de alguns, sejam crentes sem cargos na igreja, seja na vida de crentes que tem um ministério pastoral, missionário e em outras partes da liderança… Trabalhando em missões transculturais vejo como muitas vezes alguns obreiros tentam justificar e dizer que pecado é apenas um aspecto cultural, e que, portanto, não é pecado… Ora pecado é pecado. No Brasil, por exemplo, o famoso ‘jeitinho brasileiro’, também é pecado, porque na maioria das vezes envolve mentira, roubo, engano… E isso é pecado! Da mesma maneira há aspectos culturais em outros países, povos, etnias que também é pecado, e se nós como filhos da luz (Ef. 5:1-20) somos coniventes com o pecado, então já não somos imitadores de Deus, como filhos amados (Ef. 5:1), e desta maneira a nossa luz já não brilha diante dos homens (Mt. 5:16). Então, de que maneira queremos que os homens glorifiquem a Deus? Somos embaixadores do reino; temos o ministério da reconciliação, e isso, porque Cristo se fez pecado para que n’Ele fôssemos feitos justiça de Deus (I Cor. 5:17-21). Já não pertencemos nem a este mundo nem ao sistema que governa esse mundo. Pertencemos a Cristo, o qual um dia voltará e todo joelho se dobrará e toda língua confessará a Deus, e cada um de nós daremos conta a Ele. (Rm. 14:11, 12). O nosso Deus é amor, mas também justiça e é fogo consumidor. Portanto, vivamos conscientes do que somos em Cristo e que sejamos verdadeiramente fiéis a Ele, vivendo como filhos da luz. Que Ele nos ajude a viver para a glória de Seu Santo Nome.

(Continuaremos no próximo boletim, o nº 1016)

As Notícias acima foram Publicadas no Boletim nº 1013, de 08/03/2015 

O Editor


As Notícias abaixo foram Publicadas no Boletim nº 1016, de 29/03/2015 – (Continuação)

Atualidades espanholas: Já estamos vivendo os últimos dias do outono e o inverno anuncia a sua chegada. As temperaturas começam a baixar e temos que usar mais abrigos que antes. A economia durante esse período tende a melhorar por causa dos empregos temporais de final de ano. E aqueles que conseguiram trabalham esperam poder continuar em 2015. Segundo a pesquisa dos últimos anos, este ano foi o melhor quanto ao emprego, mas ainda assim, há muitos desempregados e muito o que fazer devido a essa crise. Na televisão há campanhas para dar alimentos não perecíveis para serem distribuídos, porque ainda há muita necessidade.
Outra pesquisa (http://www.lasprovincias.es/alicante/201410/25/unicef-alerta-cada-cuatro-20141025174257.html) foi feita e um em cada quatro crianças espanholas vivem na pobreza. Esta última foi publicada no final de outubro deste ano e foi um alerta da UNICEF. Uma nova propaganda de uma ONG está baseada na história de uma menina de 10 anos que falou a sua mãe que o seu desejo era ter um prato de macarrão na mesa. Para quem acha que viver na Europa nos últimos anos é fazer turismo, está completamente desatualizado das últimas notícias que falam de uma recessão econômica na Europa. Por isso, amados irmãos, orem para que toda essa situação seja uma oportunidade para que não apenas a Espanha, mas também outras nações europeias sejam movidas pelo Espírito de Deus e sejam alcançadas para o louvor de Sua glória.
Saúde: As vacinas continuo tomando e agora deixará de ser aplicada a cada semana, para ser aplicada a cada mês. No mês de janeiro, terei que mandar fazer novamente e será uma média de 220,00€, (euros). Gostaria de pedir aos irmãos que querem ofertar de maneira específica para as vacinas, que, por favor, me comunique ,para que eu possa separar as ofertas para este fim, já que será um gasto extra no mês de janeiro. Quanto ao estresse, graças a Deus, tenho sido agraciada por Deus e Ele tem me ajudado através do Seu Espírito a ter domínio próprio e dessa maneira tenho vivido melhor. Confesso que ainda há muito que aprender, mas continuo no processo. Desde já agradeço as orações ao meu favor e por minha saúde. Deus ouve as orações e sempre nos envia a resposta.
Sustento: Como os amados sabem, aqui na Espanha a crise econômica continua, e com ela o custo de vida sobe a cada mês. Se somar a isso a questão econômica brasileira, principalmente para quem vive no exterior. Pois além das taxas de saque, também pagamos desde dezembro de 2013, 6% do valor sacado, além da subida do dólar que diretamente reflete no euro. No dia 09/12, o euro estava a 3,21€. Mas quando saquei, foi debitado R$ 788,34, ou seja, o euro saiu a 3,42, mais a taxa de saque no exterior R$12,00, mais o IOF R$50,29, no total de R$ 850,63. Hoje, 15/12, o euro está a 3,33 e os mesmos 230,00€, deu R$ 814,20; mais R$12,00 do saque no exterior, mais IOF R$51,84; no total de R$ 914,47, ou seja, em menos de uma semana pagamos a mais o valor de R$ 63,84, sacando os mesmos 230,00€. Por isso, peço que orem!
Orem pelos missionários que vivem fora do Brasil, porque temos uma baixa de sustento nesses últimos meses, justamente pelo câmbio do dólar, além das taxas, como os amados podem ver. Também gostaria de compartilhar que no mês de outubro tive uma queda no sustento de R$ 500,00, mas louvado seja Deus, que o Deus que sempre supre cada uma de nossas necessidades levantou uma irmã e fez uma transferência justamente de R$ 500,00 no começo do mês de novembro. Sei que Deus chama, capacita, envia, respalda e supre, e continuo crendo nisso, e sei que Ele tem o controle, e que é Senhor da história, da economia, da política e de nossas vidas.
Cartão de crédito: Quero agradecer aos amados irmãos que estiveram orando pelo problema relatado na última carta sobre a clonagem do meu cartão do crédito. Graças a Deus, tudo foi resolvido e o Banco do Brasil fez um estorno para a minha conta. Glória a Deus!
Discipulado: Continuo discipulando a Elena e louvo ao Senhor, como ela tem crescido. Temos estudando juntas “A Confissão de fé de Westminster” e tem sido gratificando ver Elena cada vez mais convicta de sua fé em nosso Senhor Jesus Cristo. Ela me falou que passou o verão falando sobre de Deus com o seu esposo. Na verdade foram oportunidades que a levaram a argumentar não apenas sobre Deus, mas também sobre sua fé. Falou com convicção e temor do Senhor, como diz I Pe 3:15: “Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós”. Continue orando pela conversão do seu esposo e filhos. Quanto a Kéren, ela está fazendo o discipulado com outra irmã da igreja. Continua firme na fé e desenvolvendo seus dons e talentos no grupo de louvor da igreja. Ore para que ela continue crescendo em Cristo.
E.B. D.: Continuamos estudando com o livro de Paul Washer “O Único Deus Verdadeiro” e tem sido muito edificante. A cada lição vejo como os adolescentes têm buscado mais de Deus e a minha oração que eles estejam fundamentados na Rocha. Nesse último domingo uma aluna me perguntou porque Deus tinha permitido ela passar por processo difícil em sua vida. E lhe perguntei: por quê? E outra aluna respondeu para que ela pudesse amadurecer e ela também esteve de acordo com isso.

(Continuaremos no próximo boletim, o nº 1017)

O Editor


As Notícias abaixo serão Publicadas no Boletim nº 1017, de 12/04/2015 – (Conclusão)

E.B.D.: Nesse último domingo uma aluna me perguntou porque Deus tinha permitido ela passar por processo difícil em sua vida. E lhe perguntei: por que? E outra aluna respondeu para que ela pudesse amadurecer e ela também esteve de acordo com isso. E lhe disse, Deus permitiu você passar por tudo o que passou, porque Ele te ama. E como bom Pai, Ele sabe exatamente do que precisamos e como temos que ser moldados, e isso inclui o sofrimento. Ser cristão é sofrer. É isso é bíblico. Ainda que muitos tentem dizer o contrário. É através do sofrimento que amadurecemos e nEle que Deus é glorificado. Ore por esses adolescentes (Rebecca, Nadja, Paul, Isaac, Samuel Mena e Samuel Campuzano) e pelas vidas das professoras (Vicky e eu) para que sejamos instrumentos de bênçãos na vida deles.
Aulas de espanhol: Como falei na carta passada, começamos com lutas e desafios, mas estamos terminando em vitória! Aleluia! Temos duas classes uma com quatro alunos (dois ucranianos e duas mulheres marroquinas) e às vezes cinco, já que o esposo de uma das marroquinas vem à classe para ajudá-la. E a outra classe com cinco marroquinas, e duas cristãs (uma irlandesa e outra ucraniana). Teremos aulas até o dia 15 de dezembro e voltaremos dia 12 de janeiro, já que trabalhamos de acordo com o calendário escolar daqui.
Hoje dia 15/12, tivemos um café da manhã com os alunos e eles trouxeram bastante comida. Foi um momento de comunhão e também de agradecimentos. Pude com liberdade orar tanto para agradecer o alimento, como para louvar ao Senhor porque minhas alunas terminaram o nível inicial e a partir de janeiro vão começar o nível avançado. Aleluia!
Gostaria de compartilhar algo sobre uma das mulheres marroquinas. A chamarei de Agar. No começo deste mês, Agar chegou no final da aula e me disse que gostaria de falar comigo. Eu não idéia do que ela queria. Mas ela começou a compartilhar desde sua juventude em Marrocos até os dias de hoje estando casada e com seus quatros filhos. Enquanto, eu a escutava, ela falava e chorava devido suas decisões e problemas familiares. Depois de quase duas horas, orei por ela e a abracei. Falei que ela não estava sozinha e que iria continuar orando por ela. Sei que ela tem confiança em mim para expor toda sua vida da maneira como falou e me disse que preferia falar comigo que com as outras marroquinas. Também me agradeceu pelo tempo dedicado a ela, já que importante em sua cultura gastar tempo com outra pessoa. Ela me perguntou se tinha condições de terminar e eu falei que sim, mas ela disse que não tinha dinheiro para comprar o livro e lhe falei que não se preocupasse com isso, que uns amigos, já tinham dado o dinheiro para comprar o seu livro, ela me disse que não sabia como agradecer e o falei que a forma que ela nos agradeceria seria estudando. Entre muitos problemas que ela está passando, gostaria de pedir oração por seu segundo filho que tem o olho esquerdo praticamente sem visão e necessita muito de um milagre. Por favor ore pelo filho de Agar e também pela vida dela. Que Deus continue me dando de Sua graça para vida dessa mulher. Não apenas no ministério, mas principalmente em nossas vidas devemos dar testemunho em quem temos crido. A nossa perspectiva deve está centralizada em Deus e portanto, deve ser guiada por Ele. Como filhos da luz, temos a responsabilidade de sermos imitadores de Cristo e andar como Ele andou. Nada é mais importante em nossas vidas que andar em obediência, guardando suas palavras, seus mandamentos. Nenhum ministério, por mais frutífero que pareça ser é agradável a Deus, se não é fruto em primeiro lugar de uma vida consagrada a Ele. Que o Senhor de nossas vidas nos ajude a viver para a Sua glória.
Em Cristo, o Autor e Consumador da nossa fé, Tatiana Moura
Agradecimentos:
Pelo cuidado do Senhor na minha vida;
Pelo estorno do Banco do Brasil para a minha conta;
Por minhas alunas que terminaram o nível inicial e agora vão para o nível avançado.
Pela provisão de Deus na minha vida.
Pedidos de oração:
Por minha vida, direção do Senhor (discernimento e sabedoria);
Por minha família (salvação de minha mãe e meus irmãos);
Por minha igreja no Brasil IEC em Torrões, Recife, Pr. Eriberto Jr. e família;
Pela Aliança das Igrejas Congregacionais do Brasil (Pr. Sérgio Paulo e família);
Pelo Departamento de Missões da Aliança (Irmãos Jairo e família);
Por meus intercessores e mantenedores;
Por Espanha (governo, economia, igreja, conversões);
Pelo discipulado Elena e pela conversão de sua família;
Pela E,B.D. (por cada aluno e suas necessidades);
Pelas aulas de espanhol (por sabedoria e que o Senhor nos dê mais oportunidades);

Para contribuir:
Tatiana Moura dos Santos
Banco do Brasil
Agência 0697-1
Cont. Poup. 26442-3 – Variação 51 Banco Bradesco
Agência 2116-4
Conta Corrente 17.994-9

O Editor