“Onde estão os Pastores de Crianças? (Revista Vida Cristã, nº 247)”

Estamos considerando, sem nenhuma dúvida, que a atividade que melhor representa aquele que trabalha com as crianças é a de um pastor. Jesus é quem fala do pastor que sai à procura da ovelha perdida e associa essa linda imagem ao fato de que é de suma importância buscar as crianças que estão perdidas, porque não é da vontade do Pai Celestial que nenhum pequenino se perca (Mt. 18:10-14). Sim, o pastor é aquele que procura o cordeiro perdido.
o_pastor_2Jesus é quem dá a Pedro a incumbência de apascentar os cordeirinhos e pastorear as ovelhas, que traz também essa imagem preciosa do cuidado que tem o pastor em suprir as necessidades de alimento, direção e cuidado, tanto das crianças como dos adultos (Jo. 21:15-17). Sim, o pastor é aquele que alimenta o cordeiro de Cristo, que conhece os cordeirinhos e as ovelhas pelo nome. Sabemos que tios, tias, professores, professoras, palhaços, palhaças, monitores, voluntários e tantos outros, embora sejam úteis no trabalho entre os pequeninos, não podem jamais ocupar o lugar dos que pastoreiam as crianças.

Chega de pajear, de entreter ou, meramente, “Ensinar” crianças. Elas necessitam, já, de pastoreio. Que os líderes, em cada uma das igrejas locais, tenham a visão correta sobre o ministério entre os pequeninos! Que os pais aceitem o desafio de se tornarem pastores de seus próprios filhos! Além de buscar crianças perdidas e alimentar as que já receberam a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, uma terceira atividade do pastor é a de livrar o cordeiro, quando atacado pelas feras.

O Pastor Livra A Ovelha Dos Animais Ferozes

cerebro_infantilHá uma guerra real acontecendo, cujo objetivo é dominar as mentes das crianças. Muita gente não a percebe; trata-se de uma guerra invisível, das forças de Satanás, para capturar os cérebros infantis. Quem conseguir dominar essas mentes ganhará o futuro. Não há percepção desta batalha, pois não é visível. Não se consegue visualizar o que está acontecendo na esfera espiritual. As pessoas percebem as guerras que acontecem ao redor do mundo porque essas imagens chegam todos os dias pelos noticiários. Há cenas horríveis de crianças esqueléticas por causa da fome, dos bairros destruídos por bombas, das crueldades, dos tiroteios, das barbáries, dos choros e lamentos, das tragédias e das catástrofes, das cenas de desolação e morte.

Estratégias do Inimigo

E a guerra espiritual para dominar a mente das crianças e da juventude, quem a observa? Que se choca?

Satanás age de maneira estratégica quando investe na mente infantil, lançando mão de suas setas destruidoras: a pornografia, a sexualidade precoce, a exploração sexual das crianças, os jogos, as brigas etc. Quantas vidas estão sendo destruídas e ficando miseráveis? As crianças estão sendo ensinadas, por exemplo, a olharem o pecado como algo normal. Isso é um ataque e quem percebe esses bombardeios destruidores as suas mentes através de filmes, jogos e livros?

propagandaAs famílias estão sendo bombardeadas! Não há filme ou novela que não lance essas granadas mortíferas para desestabilizar, descaracterizar e destruir a família que está sendo arrebentada, quebrada. O resultado são famílias fracas, com crianças deprimidas, que buscam nas drogas algum tipo de escape; são ataques às mentes das crianças. O ódio de Satanás contra elas fica patente no elevadíssimo índice de abortos que se pratica diariamente, em toda parte. É uma crueldade imensa.

As crianças têm suas mentes bombardeadas através de jogos e vídeos em que a violência e o satanismo seguem de mãos dadas. Os jogos de RPG, por exemplo, incentivam o mal. Quanto mais maldades cometer, melhor será seu resultado na pontuação do jogo. É um verdadeiro absurdo! E as crianças estão sendo ensinadas assim

Gilberto Celeti

É pastor, educador cristão e superintendente da APEC do Brasil

Extraído da Revista VIDA CRISTÃ nº 247

O Editor