“Mulher como esta…” – (poema em Boletim – maio de 2015

arranjos

Para tal tempo, em dias como estes,
foste chamada por Deus pra neste mundo ser
testemunha rica e altissonante
como pessoa, filha, esposa e mãe!

Para tal tempo, em dias sombrios,
de ódio e tristeza e muito desamor,
tu podes semear em muitas vidas
as bênçãos de amor e compaixão.

Para tal tempo de conturbação,
Deus exige de ti dedicação;
no lar, na igreja, em qualquer lugar;
podes ser uma bênção, um traço de união.

Em tempos de descrença e de pavor
é isto o que te pede teu Senhor;
um coração cheio de fé ingente.
voltado sempre pra teu reino eterno.

Os caminhos são muitos, a estrada é longa,
muitas vezes deserta, tortuosa,
e sempre, sempre mostrará valor
de uma vida separada para servir.

Jamais teus olhos fugirão do alvo,
do ideal de Deus pra teu viver;
erguerás marcos em cantos de vitória,
edificando em santidade e luz.

Serás mulher de fé, tal qual Ana,
“Valorosa e prudente como Ester”,
tão doce e pura e bem-aventurada
como Maria, a mãe do Salvador.

De geração em geração teus filhos
te chamarão bem-aventurada.
Mulher como esta, filha, esposa e mãe,
recebe a aprovação do teu Senhor.

Feliz Dia das Mães!

Com carinho, O Editor


Veja também:

>>> EBD faz justa homenagem às Mães, no Dia das Mães – 10/Maio/2015