Família de Noé – (Boletim 1074)

O Relato bíblico é claro em dizer que o patriarca Noé “achou graça aos olhos do Senhor” que o considerou “justo e íntegro” entre seus contemporâneos (Gn. 6:8-9). A tristeza de Deus para com a humanidade corrompida dos tempos de Noé, levou-o a decidir por um “novo começo”. Noé e sua família foram preparados para o projeto de Deus de tentar fazer uma humanidade melhor.

noe e famíliaPortanto Noé exerceu, ao lado de sua família, uma fé que os levou à obediência naquilo que Deus lhes ordenara. Com isto, Deus estabeleceu o seu novo projeto e Noé e sua família tiveram uma aliança de amor com seu Deus (Gn. 9:8-9). Um ponto forte a favor de Noé foi a sua fidelidade diante do contexto de extrema corrupção de seus dias (Gn. 6.1-12). Sua família se sobressai com um comportamento diferente, pois tiveram que resistir às tentações e desafios de sua época. Jesus, em Mateus 24:37-39, já nos lembra que esses dias eram: Em primeiro lugar de muita correria (comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento), Em segundo lugar dias de busca pelo prazer (davam-se em casamento).Terceiro lugar, dias de grande consumismo (Comiam e Bebiam). Em quarto lugar, dias de insensibilidade (até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam).

noe2Partindo do pressuposto de que, segundo Jesus, estamos vivendo dias de Noé, e que se faz necessário olharmos para essa família, e dela aprendermos algumas lições. Se Noé, segundo o relato de Hebreus temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca…”, devemos nós, como família, preparar nossas “Arcas” também e fazermos a diferença em nosso tempo.

Um dos vários destaques na vida de Noé e sua família foi sem dúvida a perseverança ou resistência ao tempo, mantendo-se fiel ao seu chamado. Durante cento e vinte anos, Noé foi um pregador da justiça. Ele começou a pregar a todos que lhe saíam ao encontro, mas ninguém acreditou nele, nem ao menos uma pessoa. Mas sua esposa acreditou nele e também seus três filhos e suas três noras. Embora o mundo não acreditasse nele, no entanto toda sua família creu naquilo que ele cria. Todos seguiram a mesma visão e direção, e juntos trabalharam em sua conclusão.

noe3Noé viveu em família. Ainda que o mundo não acreditasse nele, toda a sua família cria naquilo que ele acreditava. Um dia Deus disse: “Entra na arca, tu, tua esposa, teus filhos e tuas noras”. Havia oito deles. Essa história termina como começou: Diante do Altar. Adorando e buscando entender a vontade de Deus para suas vidas. Gn. 8:18-21. Deus sentiu prazer em sua oferta porque era reflexo de suas vidas de obediência. Portanto, estabeleça um clima de comunhão familiar. Que o esposo, no temor e intimidade com o Senhor, a esposa no interior da casa, e os filhos, em volta da mesa, sejam instrumentos de bênçãos. Exerça o princípio do perdão. Viva em amor. Seja instrumento de paz.

Que sua vida familiar seja uma bênção e inspiração às pessoas mais próximas, bem como às famílias e gerações futuras!!!

Pr. Alexandro de Souza Felizardo

Série Devocionais para Casais

O Editor