IEC – 93 Anos de Fundação – Dias 16 e 17/11/2013

>FATOS e FOTOS – Um Breve Relato Histórico

15 de Novembro de 1920 / 15 de Novembro de 2013, 93 Anos de ORGANIZAÇÃO ECLESIÁSTICA.

Nos dias 16 e 17 de Novembro de 2013 aconteceu as Festividades de Aniversário da Igreja… 93 Anos!

A História deixou registrado que o ano de 1901, aqui em nossa cidade, foi marcado pelo estabelecimento da primeira comunidade ‘protestante’ de Campina Grande, a Comunidade Evangélica Congregacional.  

Entre os anos de 1901 e 1920 a ‘seita’ – assim chamada pelos católicos que habitavam nossa cidade – reunia-se nas casas dos fiéis. O casal Olinto Cordeiro de Souza e Rita Maria Cordeiro, quando veio morar em Campina Grande no ano de 1901, deixou de frequentar aIgreja Matriz‘. “O casal começou a frequentar os cultos da ‘nova seita’ que acontecia nas residências. Nesse processo vieram os conflitos. A Srª. Rita Cordeiro tinha uma escola com cinquenta alunos. Eles foram impelidos pelo discurso do vigário de que aquela mulher aceitara uma ‘seita satânica’. Os alunos passaram a se ausentar da escola. Noutro dia, o vigário da cidade incitou as crianças na rua a gritarem: “cão coxo!” “cão coxo!” com o senhor Olinto Cordeiro, pois ele manquejava de uma perna. As perseguições também aconteceram nos cultos das residências, pois passaram a jogar pedras sobre os telhados e a zombar do povo durante os cânticos dos hinos. Os perseguidos tiveram que recorrer ao delegado da cidade, que ameaçou prender os que perturbassem.” Esse processo foi conflituoso porque resultava num projeto informal de evangelização que visava produzir a conversão dos campinenses e culminava em rompimento com os valores da cultura católica que, por sua vez, detinha o monopólio da cultura histórica da religiosidade da cidade.

Mesmo diante da ainda perseguição com a nova forma de evangelizar, visto que já havia um templo para a realização dos Cultos, os trabalhos foram se consolidando. A antiga ‘Rua do Açude Novo’ (atual Rua 13 de Maio) assistiu de perto, dezenove anos depois – em 1920 – a inauguração do primeiro Templo da Igreja Evangélica Congregacional em Campina Grande. E o primeiro Pastor foi o Missionário inglês Rev. Henry Briault. 7 anos depois, o Missionário Briault estava prestes a passar um ano de férias em sua terra-natal, a Inglaterra. O Recém-formado e já ordenado pastor João Clímaco Ximenes, que havia terminado o Curso de Bacharel em Teologia no Seminário Presbiteriano em Recife – PE, veio para Campina Grande em 1927, e ficou no lugar do Missionário e Pastor inglês. Ao regressar da Inglaterra, o Rev. Briault viu que a igreja havia crescido e estava muito bem com a atuação do jovem pastor recém-formado. A Igreja inglesa, através da Missão que mantinha o Rev. Briault determinava que uma Igreja no Brasil só teria sua ajuda até certo número de membros. Como a Igreja Congregacional havia atingido a meta, o Missionário inglês já poderia ser substituído por um Pastor Brasileiro, e isso aconteceu. Com o Pastor João Clímaco Ximenes,  a igreja Congregacional, em abril de 1939, já contava com 503 membros e 660 alunos na Escola Dominical. Números muito expressivos para a difícil época.

Atualmente a Igreja Evangélica Congregacional de Campina Grande – Centro, localizada à Rua 13 de Maio, nº 250, teve seu marco inicial no dia 15 de Novembro de 1920.

O relato Histórico da Igreja Congregacional registra, além do Rev. João Clímaco Ximenes, outras lideranças que por aqui passaram, a exemplo do Pastor Raul de Sousa Costa, Pastor Alexandre Ximenes (filho do Pr. João Ximenes), o Triunvirato* (formado pelos oficiais Presb. Gideão Barros, Presb. Divaldo Fernandes e Presb. Antônio Inácio); Evangelista Janduir. Outro Triunvirato (formado pelos oficiais Presb. Gideão Barros, Presb. Inácio Nunes e Presb. Eudálio Pontes – antecedeu a Gestão do Pastor Antônio Acácio (in memoriam). Outros foram o Co-Pastor Daniel José, Co-Pastor Kielce Marne e o Pr. Auxiliar Alek Sandro, além dos Pastores Severino Luiz e Enilson Barros (ambos Auxiliares). Um Triunvirato* também foi formado pela Igreja para dirigi-la em períodos nos quais ela estava sem um Pastor efetivo. Isto aconteceu, por exemplo, no período que antecedeu a gestão do Pastor Antônio Acácio de Morais, no final da década de 1080. O Triunvirato era formado pelos Presbíteros Inácio Nunes, Severino Ferreira… e Eudálio Pontes.

A História também registrou vários nomes atribuídos à nossa igreja: “Catedral Evangélica Congregacional” (incrustado no arco da entrada principal). Este definido no período em que o Pr. Antônio Acácio de Moraes foi o pastor de nossa igreja (final da década de 1980). Querem outro? pois lá vai: ‘Igreja Evangélica Congregacional Central…!’ – O certo é que esses e outros nomes que ela tem, teve – ou venha a ter – sempre se reportaram para a mesma Igreja Evangélica Congregacional, localizada à Rua 13 de Maio, 250 -Centro – Campina Grande – PB. Alguns irmãos e irmãs nossos polemizam quanto ao nome que esta igreja detém.

Veja as três importantes etapas de sua Arquitetura: 1º Templo – edificado no ano de 1920; sua 1ª Reforma (ano ainda não identificado), além de outras Fotos Recentes (dos anos de 2006 e 2011) da atual Arquitetura… – As reformas continuam; entretanto – e ainda bem – permanece intacta a Arquitetura que sucedeu a 2ª grande reforma, com os belos traços que hoje se vê. As Recentes Fotos nos mostram o antigo Portão de acesso aos degraus (Foto ao lado – fev./2006), com as duas antigas palmeiras; bem como o poste (Foto abaixo – out./2011) que hoje sustenta o transformador que alimenta, com a energia elétrica compatível, o ar-condicionado, recentemente instalado no interior do Templo, para um melhor conforto de seus cultuantes – numa iniciativa da atual gestão da Diretoria do Patrimônio da Igreja, para a Glória de Deus! … Amém?…

As Festividades de Aniversário dos 93 Anos de Organização Eclesiástica aconteceram nos dias 16 e 17 (Sábado e Domingo) de Novembro de 2013.

Confira abaixo Fotos, Vídeos e Comentários do Culto de Sábado, 16/11/2013

Assista Abaixo as considerações iniciais do Pastor Alek Sandro, nos 93 Anos da Igreja – 16/11/2013.

Assista Abaixo o cantor Moisés Lira, nos 93 Anos da Igreja – 16/11/2013.

Veja Abaixo Fotos da Noite de Abertura (16/11/13), nos 93 Anos da I. E. Congregacional de Campina Grande – Centro

(Clique na Imagem para Ampliar)

Assista Abaixo o Grupo de Coreografia SEMEARTE, nos 93 Anos da Igreja – 16/11/2013.

Assista Abaixo o Cantor Natanael Vieira, nos 93 Anos da Igreja – 16/11/2013.

Assista Abaixo a Pregação da Palavra com o Pr. convidado Rev. Severino Carlos, da IEC de Macaparana – PE 

Abaixo, Continuação da Palavra

O Editor